Num comunicado enviado às redações, o INEM explica que a medida foi concretizada através de protocolos sazonais com oito entidades: os bombeiros voluntários de Terras de Bouro, Grândola, Canha e Albufeira, e as delegações da Cruz Vermelha Portuguesa (CVP) de Vilar Formoso, Faro-Loulé, Silves-Albufeira e Olhão.

Sublinhando que estas parcerias asseguram a ação de uma ambulância de socorro 24 horas por dia com a necessária tripulação, o INEM assume o pagamento das despesas e defende ainda que estes protocolos procuram “garantir uma melhor resposta a situações de acidente ou doença súbita”.

O SIEM, que é coordenado pelo INEM, é constituído por 364 Postos de Emergência Médica (PEM) distribuídos pelos 308 concelhos de Portugal, com ambulâncias afetas ao seu serviço, além de 56 ambulâncias de emergência médica e outras 40 de suporte imediato de vida, e um conjunto de meios de emergência médica multidisciplinares, onde se destacam 44 viaturas médicas de emergência e reanimação e quatro helicópteros.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.