"O recolher obrigatório acontecerá entre 27 e 29 de março e será similar ao de setembro, que foi imposto em todo o país", declarou o diretor do Centro Nacional de Luta contra o Ebola (NERC), Palo Conteh.

A epidemia deste vírus já matou 3.700 pessoas neste empobrecido país africano, uma das três nações cujas economias foram arruinadas e os sistemas de saúde ficaram saturados por causa da doença.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou na quarta-feira que desde dezembro de 2013 um total de 10.200 pessoas morreram vítimas do ébola.

Um estudo do Banco Mundial estima que, até ao final deste ano, os países mais atingidos pela crise do Ébola sofrerão um impacto financeiro de 26 mil milhões de euros.

O Ébola, uma doença infeciosa grave, é causado por um vírus identificado pela primeira vez em 1976, na República Democrática do Congo (antigo Zaire) perto do rio Ébola.

A doença transmite-se por contacto direto com o sangue, secreções ou fluidos corporais de pessoas infetadas e ainda não existe tratamento nem vacina certificada.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.