"A operação foi um sucesso. Retirámos todas as verrugas do rosto dela. Esperamos que ela possa sair do hospital dentro de duas semanas", disse Samanta Lal Sen, responsável pela  unidade de queimaduras e cirurgia plástica do hospital Medical College de Daca.

Sahana Khatun tem 10 anos e pode ser a primeira mulher do mundo a sofrer desta doença, mas os médicos ainda querem confirmar o diagnóstico com mais exames. A condição é conhecida coloquialmente como doença do "homem-árvore".

"Os médicos acreditam que Sahana recuperará logo. Espero poder levá-la para casa e que ela possa voltar à escola", disse o pai da menina, Mohammad Shahjahan, à agência de notícias France Presse.

Até agora, conhecem-se menos de dez casos desta síndrome no mundo, entre eles o de Abul Bajandar, um bangladeshiano de 27 anos cujas fotos deram a volta ao mundo.

O mesmo hospital onde Khatun foi operada realizou pelos menos 16 cirurgias em Bajandar no último ano para retirar as verrugas que cobriam as suas mãos.

A história deste motorista comoveu o país e levou o primeiro-ministro, Sheikh Hasina, a pagar os tratamentos dele e da menina.

Veja ainda: 22 doenças muito misteriosas

Saiba mais: 15 doenças que ainda não têm cura

Conheça também: Os 12 vírus mais perigosos do mundo

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.