1. Vacine-se contra a pneumonia

A vacinação antipneumocócica é a melhor forma de evitar a Pneumonia. Tem a vantagem de também nos proteger de outras formas graves da infeção pelo pneumococo, como a Meningite e a Septicémia. Ajuda-nos, também, a evitar outras doenças menos graves como a Otite Média Aguda e a Sinusite. 

10 dicas para escapar incólume à gripe
10 dicas para escapar incólume à gripe
Ver artigo

2. Vacine-se contra a gripe

A vacinação antigripal também está aconselhada para a prevenção da Pneumonia. A interação entre o vírus da gripe e a bactéria que provoca a Pneumonia potencia o aparecimento desta última em quase 100 vezes.

3. Caso seja fumador, deixe de fumar

Deixar de fumar reduz o risco de de infeções respiratóriascomo bronquite e Pneumonia.

4. Promova uma boa higiene oral

Uma boa higiene oral pode limitar as quantidades de bactérias presentes na boca e, consequentemente, nas vias respiratórias.

5. Modere do consumo de bebidas alcoólicas

O consumo excessivo de álcool é apontado como um dos potenciadores da Pneumonia pelo que a sua moderação é, também, uma forma de prevenção.

10 alimentos que fortalecem o organismo contra o frio
10 alimentos que fortalecem o organismo contra o frio
Ver artigo

6. Mantenha um estado nutricional adequado

Como noutras patologias, a promoção de um estado nutricional adequado é fundamental para evitar a debilidade do nosso sistema imunológico, essencial na prevenção da Pneumonia.

7. Controle doenças crónicas coexistentes

A maioria das doenças crónicas torna-nos mais vulneráveis a doenças como a Pneumonia. O controlo dessas co-morbilidades levam-nos a uma maior controlo sobre a nossa saúde e, com ele, maior resistência a outras formas de doença.

8. O acesso à informação é a base de qualquer prevenção

Fale com o seu médico. Informe-se e, juntos, definam a melhor estratégia para prevenir a Pneumonia.

Estes 15 alimentos parecem saudáveis mas não são
Estes 15 alimentos parecem saudáveis mas não são
Ver artigo

9. Esteja atento aos primeiros sinais da doença

Falta de ar, febre, dor torácica. Vá logo ao seu médico.

10. Evite ambientes fechados com muita gente

A inalação de ar é o meio de propagação de muitas doenças respiratórias.

Os conselhos são do médico e professor José Alves, presidente da Fundação Portuguesa do Pulmão.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.