Depois da ampliação da sede, em dezembro, o presidente da liga, Joaquim Massena, explicou hoje à Lusa ter “agora as condições” para alargar a sua ação.

“Qualquer pessoa pode inscrever-se nas diferentes atividades e o preço a pagar será simbólico, servindo apenas para fazer face às despesas”, referiu.

Os que tiverem “muitas dificuldades”, poderão aceder gratuitamente a estas, adiantou.

Falando na importância destas iniciativas para “a humanização das unidades hospitalares”, Joaquim Massena revelou que as pessoas poderão participar num ateliê de artes e ofícios, praticar xadrez com o Grupo de Xadrez do Porto ou fazer ioga.

Além dessas são disponibilizadas aulas de inglês, dança ou 'coaching'.

Já “mais” direcionado para pessoas com problemas oncológicos, a Liga dos Amigos criou o espaço “Lugar Mágico”, um local onde estas podem “tratar de si e da sua imagem”.

A médio e longo prazo, a liga tenciona organizar encontros e conversas, envolvendo as universidades, à volta do tema do ambiente e da natureza.

“Interessa-nos que haja esta interação com a comunidade. Por isso, vamos ter mais iniciativas porque queremos levar e trazer conhecimento” ressalvou.

A Liga dos Amigos do Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia/Espinho é uma Instituição Particular de Solidariedade Social (IPSS) fundada em 09 de junho de 1989, cuja única forma de financiamento são as contribuições dos sócios - um euro mensal -, as ofertas das empresas e os peditórios anuais.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.