De acordo com a informação transmitida hoje à agência Lusa por fonte do comando provincial do Bengo da Polícia Nacional, o caso envolveu duas famílias num bairro do município de Açucareiro e já se encontra a cargo do Serviço de Investigação Criminal, para apuramento das causas.

Na origem da alegada intoxicação alimentar terá estado o típico funge de milho com peixe seco ingerido pelas famílias na refeição de terça-feira. As vítimas, incluindo crianças com idades entre os 4 e 8 anos, ainda foram transportadas para o Hospital Geral do Bengo, no Caxito, para assistência e tratamento médico urgente.

Leia também: As intoxicações aimentares que podem matar

Saiba ainda: 10 alimentos venenosos que podem matar

De acordo com a mesma fonte, seis das pessoas, incluído quatro crianças, acabaram por morrer, permanecendo mais sete em internamento.

As autoridades de saúde e de investigação policial estão a analisar os restos da alimentação das duas famílias para apurarem eventuais indícios criminais.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.