Pelo menos seis estados da Índia intensificaram os seus esforços para conter duas estirpes da gripe aviária, os vírus H5N1 e H5N8, que ameaçam as aves domésticas e selvagens.

Funcionários do estado de Himachal Pradesh (norte) informaram que na semana passada descobriram milhares de aves mortas ao redor de um lago do Himalaia, região que durante o inverno enfrenta bandos de aves migratórias.

"No lago Pong, o saldo indica que 2.400 aves migratórias morreram na semana passada e outras 600 morreram na segunda-feira", disse à AFP Archana Sharma, responsável pelas reservas naturais do estado.

Amostras foram enviadas para análise no Instituto Nacional de Epidemiologia Veterinária de Alta Segurança (NIHSAD), que confirmou que as aves haviam contraído a gripe aviária H5NI.

A maioria das aves silvestres afetadas pela doença são gansos, procedentes das altas montanhas da Ásia Central, que migram por milhares à Ásia do sul todo inverno.

As autoridades locais proibiram a venda e exportação de aves domésticas na região e intensificaram os controlos para tentar conter a propagação desses vírus.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.