Trata-se de um novo aumento em relação aos 1.176 casos de SARS CoV-2 contabilizados na segunda-feira e aos 894 na semana passada.

O número de contágios por covid-19 verificados na Alemanha – nas últimas 24 horas – foi de 162.613, face aos 126.955 registados na terça-feira da semana passada.

O Ministério da Saúde alemão espera que o pico de contágios da “onda” provocada pela variante ómicron seja alcançada em meados de fevereiro, altura em que se podem registar até 400 mil infeções em 24 horas.

Berlim é a zona da Alemanha com a incidência mais elevada reportando-se 1.761,5 casos em sete dias, observando-se, no entanto, um ligeiro retrocesso.

Outros estados onde já se verificaram valores máximos relativos ao número de contágios como na Saxónia e na Turíngia (leste da Alemanha), os valores apresentam uma descida com 649,2 e 472,7 em sete dias, respetivamente.

As autoridades federais marcaram como objetivo alcançar uma taxa de 80% de pessoas vacinadas com as duas doses do composto contra o SARS CoV-2 até ao dia 31 de janeiro.

De acordo com os últimos dados, a percentagem parou nos 74%, com poucas alterações, apesar dos apelos oficiais para a vacinação contra o covid-19.

A taxa referente aos que receberam a dose de reforço situa-se nos 52,8%.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.