"Este protocolo inclui-se na estratégia do município [Proença-a-Nova] de cuidar dos cidadãos mais vulneráveis e que necessitam de atenção especial, proporcionando assim melhor qualidade de vida", refere em comunicado o presidente da Câmara de Proença-a-Nova, João Lobo.

O município celebrou um protocolo de colaboração com a Fundação Álvaro de Carvalho para o cofinanciamento do projeto de inovação social "Dar visão ao interior - região Centro".

Oftalmologistas indicam 4 sinais de alerta da saúde dos olhos
Oftalmologistas indicam 4 sinais de alerta da saúde dos olhos
Ver artigo

O autarca prevê que nos próximos três anos sejam realizadas até 40 cirurgias de oftalmologia ao abrigo deste protocolo.

"A Câmara irá cofinanciar a implementação deste plano de desenvolvimento até 16 mil euros e irá acompanhar a implementação do mesmo. A seleção dos doentes é feita com base em dois critérios: prioridade clínica e carência económica, realizada em parceria com a Coordenação do Centro de Saúde de Proença-a-Nova", lê-se na nota.

A Fundação Álvaro de Carvalho é uma entidade de solidariedade social que tem como objetivo desenvolver ações de solidariedade social no âmbito da saúde, privilegiando os setores mais carenciados da população ou os setores que se encontram socialmente mais excluídos, com especial incidência nas zonas deprimidas do interior do país.

Além das cirurgias às cataratas, a Fundação realizou 20 consultas de dermatologia no Centro de Saúde de Proença-a-Nova.

Para este ano, estão ainda programadas ações de sensibilização em lares seniores do concelho, orientadas por fisioterapeutas e com o objetivo de prevenir quedas dos utentes.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.