Mouzinho Saíde referiu que a subida será motivada pela eclosão de doenças relacionadas com o calor, principalmente, malária e diarreias, durante o verão, que começa em agosto e vai até abril.

"É inevitável que mais pessoas acorram ao Hospital Central de Maputo, porque é no verão que ocorrem doenças como malária e diarreias", acrescentou.

10 doenças perigosas que não apresentam qualquer sintoma
10 doenças perigosas que não apresentam qualquer sintoma
Ver artigo

Mais 50 médicos

Para enfrentar a maior procura que se vai verificar no verão, o HCM prevê reforçar o pessoal, devendo ser contratados mais 50 médicos.

Mouzinho Saíde adiantou que o maior hospital do país estará atento aos casos de mau atendimento relacionados com o aumento das consultas e tratamento médico, incentivando os utentes a recorrer ao livro de reclamações.

"No primeiro semestre, recebemos mais de 300 petições, das quais 150 reclamações e sugestões relacionadas com o mau atendimento", declarou Mouzinho Saíde.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.