"Já temos o aval da Administração Regional de Saúde do Centro para nos candidatarmos ao Portugal 2020, com 625 mil euros, para aumentar o bloco operatório", disse hoje o presidente da ULSCB, Vieira Pires.

Este é o concretizar de uma ambição antiga que vai dotar o bloco operatório central do HAL com um total de cinco salas de operação.

"Temos neste momento três salas no bloco operatório central, que vai passar a ter cinco, e mais duas no ambulatório", disse.

O responsável pela ULSCB adiantou ainda que, neste momento, o HAL já está a fazer cirurgias para o exterior, uma situação que não era previsível acontecer tão cedo.

"Estamos a receber doentes para fazer cirurgia aqui [HAL], que vêm de outras zonas do país. A primeira foi uma doente com 90 anos, de Vila Real, que decidiu ser operada em Castelo Branco", sublinhou.

Explicou ainda que o HAL começou a fazer cirurgias para o exterior há cerca de um mês e meio e que, desde essa data, já foram recebidos 14 doentes.

O hospital de Castelo Branco tem neste momento 12 cirurgiões, um dos quais chegou recentemente à unidade hospitalar, juntamente com uma médica endocrinologista e dois internistas.

Vieira Pires realça o papel que a Câmara de Castelo Branco teve na chegada dos novos clínicos, sobretudo dos dois internistas, a quem disponibilizou uma casa para habitação durante seis meses.

"Se não fosse a câmara, certamente que teriam ido embora para outro local", concluiu.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.