"Os hospitais que tiverem menores níveis de infeção e as tiverem confinadas a uma percentagem que nós considerarmos adequada serão premiados e terão mais financiamento", disse o governante à margem de uma visita ao Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC).

Segundo Manuel Delgado, o Governo está a "prever nas regras dos próximos contratos-programa com os hospitais introduzir critérios em que a questão da infeção vai ser objeto de mais valorização".

Salientando que a tutela está preocupada com a questão das infeções hospitalares, o secretário de Estado referiu ainda que a resolução do problema passa por "menos acumulação de doentes em espaços de menor dimensão e distância correta entre camas", além de pequenos pormenores, "mas muito importantes", como a lavagem das mãos por parte dos profissionais de saúde.

O governante considerou hoje o projeto de eficiência energética do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC), que vai permitir uma poupança de 700 mil euros por ano, um exemplo a seguir no país.

O projeto "Hospital Amigo do Ambiente", iniciado em 2009 e concluído no final de 2015, abrangeu o polo do Hospital da Universidade de Coimbra (blocos central e de Celas), implicando um investimento de 5,5 milhões de euros, cofinanciado a 85% por fundos comunitários.

"O investimento realizado assume características virtuosas ambientais e económico-financeiras, com uma poupança gerada de cerca de 700 mil euros por ano, assegurando a recuperação de todo o investimento até ao final de 2018", salientou o presidente do conselho de administração do CHUC, Martins Nunes.

Contabilizando as poupanças efetuadas desde 2009, o administrador hospitalar sublinha que, no final deste ano, "estarão já recuperados em poupanças cerca de 3,8 milhões de euros do investimento total de 5,5 milhões de euros".

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.