Se ficarem provadas cientificamente vantagens para a saúde pública e se houver dinheiro, o Governo vai alargar a vacinação contra o Vírus do Papiloma Humano (HPV) ao sexo masculino.

A garantia é da subdiretora da Direção-Geral da Saúde (DGS), Graças Freitas, citada pela rádio TSF.

Desde 2008, que a vacina contra o HPV, que protege contra o cancro do colo do útero, é administrada gratuitamente às raparigas - inicialmente, aos 13 anos e, desde 2017, a partir dos 10 anos.

Graça Freitas realça que terá de ser um processo "com um custo suportável, uma relação custo-benefício efetiva", cita a rádio.

Apesar de assintomáticos na maioria dos casos, os rapazes são meios de transmissão do HPV, um vírus que aumenta o risco de cancro oral e do colo do útero.

Veja ainda: 10 dúvidas comuns (e que ninguém questiona) sobre sexo e doenças

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.