Em comunicado enviado à Lusa, a Câmara Municipal explica que o projeto CARE, promovido em parceira com a empresa municipal gestora dos resíduos e limpeza urbana, VITRUS, será implementado numa primeira fase no Centro Histórico "onde a vida noturna e os eventos são constantes e o lixo acumulado é consequentemente superior a outras áreas do concelho".

Segundo dados daquela empresa municipal são utilizados anualmente mais de 231 mil copos de plástico descartáveis apenas no Centro Histórico.

10 substâncias químicas que são um atentado à sua saúde
10 substâncias químicas que são um atentado à sua saúde
Ver artigo

"Estes dados são assustadores, quando percebemos que esta quantidade de lixo está a prejudicar não só o nosso ambiente, mas também o nosso Património. É fundamental mudar comportamentos, perceções e sensibilizar as pessoas a construir uma eco consciência", refere no texto o presidente da autarquia, Domingos Bragança.

Soma das atitudes individuais faz a mudança

O autarca pretende que o projeto seja extensível ao território e adianta que "é a soma das atitudes individuais que faz a mudança".

O responsável pela VITRUS, Sérgio Castro Rocha, aponta a medida como solução para dois problemas: "Um problema ambiental derivado do consumo exagerado de plásticos descartáveis e, consequentemente, dificuldades na limpeza urbana", enumera.

Dados revelados num relatório da Comissão Europeia apontam que os europeus geram 25 milhões de toneladas de resíduos plásticos e apenas 30% é encaminhado para a reciclagem, prejudicando gravemente os oceanos.

A Comissão Europeia decidiu que quer acabar com os produtos de plástico descartáveis até 2030 e substituí-los por produtos recicláveis e reutilizáveis

"A ideia é que cada um de nós contribua de forma ativa neste projeto, reutilizando sempre o seu copo e que depois o entregue para que possa ser usado por outros. Acreditamos na política da economia circular e de partilha que até aplicamos em vários outros miniprojetos. Neste momento não faz sentido que se faça de outra forma", refere João Pedro Castro, responsável pelo projeto de Guimarães.

Numa primeira fase serão lançados quatro figurinos de copos que realçam a identidade da cidade de Guimarães através das imagens e de frases que as acompanham.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.