Segundo a SPAIC, a partir de hoje e até dia 07 de junho vão predominar, entre outras, concentrações elevadas de pólen provenientes das oliveira, sobreiros e carvalhos e das ervas gramíneas, parietária e tanchagem nas regiões da Beira Interior (Castelo Branco), Lisboa e Setúbal, Alentejo (Évora) e Portimão (Algarve).

As alergias podem desaparecer? 10 mitos desvendados
As alergias podem desaparecer? 10 mitos desvendados
Ver artigo

Em Vila Real (região de Trás-os-Montes e Alto Douro), no Porto (Entre Douro e Minho) e Coimbra (Beira Litoral) vão ter níveis de pólenes moderados com predomínio, entre outras, das árvores carvalhos e oliveira e das ervas gramíneas, parietária e tanchagem.

A SPAIC indica também que no Funchal (região autónoma da Madeira), os pólenes encontram-se em níveis baixos, com destaque para os pólenes das árvores pinheiro e das ervas gramíneas e parietária.

Em Ponta Delgada (região autónoma dos Açores), os pólenes encontram-se em níveis baixos, com predomínio dos pólenes das árvores pinheiro, palmeira e bétula e das ervas gramíneas e parietária.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.