Em declarações à Lusa, a mesma fonte esclareceu que a GNR de Esposende, no distrito de Braga, tem 31 militares no ativo e que "os operacionais estão a ser substituídos por outros de outras unidades, havendo rotatividade para garantir o perfeito cumprimento das funções" daquela corporação.

Até segunda-feira estavam confirmados 13 casos, segundo disse fonte à Lusa.

O presidente da Câmara de Esposende, Benjamim Pereira, também responsável pela Proteção Civil no concelho, garantiu hoje que "a operacionalidade e serviços de segurança não estão em causa".

Segundo Benjamim Pereira, "nestes casos está garantida a rotatividade, substituição de operacionais, exemplo disso é que ainda este fim de semana esteve a GNR de Vila Nova de Famalicão a realizar fiscalização em Esposende".

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.041.289 mortos resultantes de mais de 95,4 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 9.028 pessoas dos 556.503 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.