A Proteção Civil italiana anunciou que o país registou esta quarta-feira mais 323 mortes por COVID-19, número inferior à contabilização de vítimas mortais de ontem: 382. No total, já morreram 27.682 pessoas em Itália por causa do novo coronavírus.

Até ao momento foram diagnosticados 203.591 casos da infeção pelo vírus SARS-CoV-2, 2.086 das quais nas últimas 24 horas.

Por outro lado, em 24 horas, 2.311 foram consideradas curadas. No total, desde o início da pandemia, registaram-se 71.252 casos de recuperação.

Atualmente, há 104.657 pessoas com diagnóstico positivo (menos 548 que na terça-feira), 19.210 delas hospitalizadas, 1.795 das quais em cuidados intensivos.

Um terço dos pacientes em cuidados intensivos estão na Lombardia (norte), a região mais afetada de Itália.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de COVID-19 já provocou mais de 217 mil mortos e infetou mais de 3,1 milhões de pessoas em 193 países e territórios. Perto de 860 mil doentes foram considerados curados.

Portugal contabiliza 973 mortos associados à COVID-19 em 24.505 casos confirmados de infeção, segundo o boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS) sobre a pandemia divulgado hoje. Relativamente ao dia anterior, há mais 25 mortos (+2,6%) e mais 183 casos de infeção (+0,8%).

Portugal vai terminar no sábado, 02 de maio, o terceiro período de 15 dias de estado de emergência, iniciado em 19 de março, e o Governo deverá anunciar na quinta-feira as medidas para continuar a combater a pandemia.

Devido ao fim de semana prolongado, o Governo decretou, entretanto, a proibição de deslocações entre concelhos de 01 a 03 de maio.

Veja o vídeo: Como se faz gel desinfetante?

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.