O CHVNG/E, que hoje regista 128 doentes com infeção pelo novo coronavírus em enfermaria e 38 em cuidados intensivos, tem vindo a receber utentes da zona Sul, numa articulação entre as administrações regionais de Saúde do Norte e de Lisboa e Vale do Tejo.

“Hoje disponibilizamos mais seis camas, cinco para o HGO e uma para o Beatriz Ângelo”, disse à agência Lusa fonte do CHVNG/E.

Na quinta-feira, este equipamento hospitalar previa receber sete doentes covid-19 do Hospital Amadora-Sintra.

“Continuaremos neste registo, aproveitando a diminuição do número de admissões associadas a covid-19 que temos sentido nos últimos dias”, apontou fonte do hospital à Lusa.

Também oriundos do Amadora/Sintra chegaram ao hospital de Gaia, na madrugada de quinta-feira, cinco doentes covid-19.

Na terça-feira, o CHVNG/E recebeu quatro utentes do Beatriz Ângelo e três do Centro Hospitalar do Oeste.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.285.334 mortos resultantes de mais de 104,8 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 13.740 pessoas dos 755.774 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.