As autoridades sanitárias também contabilizaram hoje mais 347 mortes atribuídas à covid-19, no que é o segundo dia consecutivo em que o número de óbitos é superior a 300, passando o total de mortes para 38.833.

Deram entrada nos hospitais com a doença nas últimas 24 horas 2.244 pessoas, das quais 418 na Andaluzia, 392 na Catalunha e 248 em Madrid.

Em todo o país há 20.209 pessoas hospitalizadas com a covid-19, o que corresponde a 16% das camas, das quais 2.833 pacientes em unidades de cuidados intensivos, o que corresponde a 29% das camas desse serviço.

O nível de incidência acumulada em Espanha estabilizou hoje nos 526 casos diagnosticados (três menos do que na quinta-feira) por 100.000 habitantes nos últimos 14 dias, sendo as regiões com os níveis mais elevados a de Melilla (1.366), Navarra (1.119), Aragão (1.078), Ceuta (987), Castela e Leão (809), Rioja (802), Catalunha (720) e País Basco (691).

Muitas comunidades autónomas espanholas estão a implementar novas restrições para tentar travar a pandemia do novo coronavírus, incluindo o encerramento restaurantes e similares no País Basco, no início de um fim de semana em que Madrid está novamente a aplicar o confinamento da região até segunda-feira, que é dia feriado regional.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 1,2 milhões de mortos no mundo desde dezembro do ano passado, incluindo 2.792 em Portugal.

Na Europa, o maior número de vítimas mortais regista-se no Reino Unido (48.475 mortos, mais de 1,1 milhões de casos), seguindo-se Itália (40.638 mortos, mais de 862 mil casos), França (39.037 mortos, mais de 1,6 milhões de casos) e Espanha (38.833 mortos, mais de 1,3 milhões de casos).

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.