António Costa falava na Assembleia da República momentos antes de os deputados votarem o pedido do Presidente da República de autorização de prorrogação do estado de emergência em Portugal, por um novo período de 15 dias, até 02 de maio.

"Temos de começar a reanimar a economia, mas sem deixarmos reativar a pandemia", declarou o líder do executivo, frisando, no entanto, que o país poderá ter de conviver com o novo coronavírus por um período ainda longo de um ano ou um ano e meio.

Segundo António Costa, os próximos 15 dias "são decisivos" para preparar o novo período de levantamento gradual das restrições à circulação e à atividade económica.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.