A área dedicada começa a funcionar a partir de sábado, nas imediações do Centro de Saúde de Aveiro, “em condições de segurança para utentes e profissionais”.

A medida, tomada ao abrigo do Plano de Contingência COVID-19, insere-se na reorganização do funcionamento do Centro de Saúde de Aveiro, “de forma a continuar a assegurar uma resposta adequada às necessidades da população”.

Por esse motivo, a consulta de atendimento complementar, destinada a situações de doença aguda, até agora a funcionar no Centro de Saúde de Aveiro, passa para o edifício da Unidade de Saúde Familiar Arte Nova, localizado junto à Igreja Paroquial de São Bernardo, no horário das 10:00 às 18:00, aos fins de semana e feriados.

A transferência de instalações surge da necessidade de reservar, nas imediações do Centro de Saúde de Aveiro, a área necessária para prestar os cuidados aos doentes com sintomas respiratórios, justifica o Agrupamento de Centros de Saúde do Baixo Vouga.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da Covid-19, infetou mais de 250 mil pessoas em todo o mundo, das quais mais de 10.400 morreram.

Das pessoas infetadas, mais de 89.000 recuperaram da doença.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se já por 182 países e territórios, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

O continente europeu é aquele onde está a surgir atualmente o maior número de casos, com a Itália a tornar-se hoje o país do mundo com maior número de vítimas mortais, com 3.405 mortos em 41.035 casos.

A Espanha regista 1.002 mortes (19.980 casos) e a França 264 mortes (9.134 casos).

Em Portugal, a Direção-Geral da Saúde (DGS) elevou hoje o número de casos confirmados de infeção para 1.020, mais 235 do que na quinta-feira.

O número de mortos no país subiu para seis.

Dos casos confirmados, 894 estão a recuperar em casa e 126 estão internados, 26 dos quais em Unidades de Cuidados Intensivos (UCI).

O boletim divulgado pela DGS assinalava 7.732 casos suspeitos até quinta-feira, dos quais 850 aguardavam resultado laboratorial.

Das pessoas infetadas em Portugal, cinco recuperaram.

De acordo com o boletim, há 9.008 contactos em vigilância pelas autoridades de saúde.

Atualmente, há 24 cadeias de transmissão ativas em Portugal.

Acompanhe ao minuto os efeitos do COVID-19 no país e no mundo

Os vírus e os coronavírus: quais as diferenças?

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.