"No decorrer de uma ação de patrulhamento para a verificação do dever de confinamento obrigatório, os militares da Guarda verificaram que o casal se tinha ausentado do domicílio. No decorrer das diligências policiais, os suspeitos foram localizados, tendo sido detidos", explica a GNR em comunicado.

Os factos foram remetidos ao Tribunal Judicial de Valpaços.

"A GNR recorda que ficam em confinamento obrigatório, em estabelecimento de saúde, no respetivo domicílio ou noutro local definido pelas autoridades de saúde, todos os doentes com COVID-19, os infetados com SARS-CoV-2, e os cidadãos relativamente a quem a autoridade de saúde ou outros profissionais de saúde tenham determinado vigilância ativa. A violação do confinamento obrigatório constitui crime de desobediência", conclui a nota.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.