No seu comunicado diário, a entidade diz que foram realizadas nas últimas 24 horas “2.024 análises nos laboratórios de referência da região e privados” e detetados “62 novos casos positivos”, havendo ainda a assinalar 34 recuperações, todas em São Miguel.

Assim, os Açores contam atualmente com 511 casos positivos ativos, sendo 433 em São Miguel, 55 na Terceira, 17 no Faial, quatro no Pico, um nas Flores e um no Corvo.

Estão internadas nos Açores 18 pessoas, menos uma do que na quinta-feira.

A ilha de São Miguel, a mais populosa dos Açores e com maior número de casos, tem 17 doentes internados no Hospital do Divino Espírito Santo em Ponta Delgada, onde se mantêm oito pacientes com covid-19 na Unidade de Cuidados Intensivos (UCI).

Já na Terceira mantém-se internado um doente em UCI, no Hospital de Santo Espírito de Angra do Heroísmo.

Os Açores têm ativas três cadeias de transmissão da doença uma no Pico, uma no Faial e outra Faial/Corvo.

As ilhas de São Miguel e Terceira têm transmissão comunitária da doença.

Foram detetados até hoje 3.588 casos de infeção pelo novo coronavírus SARS-CoV-2, que causa a doença covid-19, verificando-se 25 mortes e 2.951 recuperações.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.191.865 mortos resultantes de mais de 101 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 11.608 pessoas dos 685.383 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.