Em São Miguel, a maior e mais populosa ilha dos Açores, foram detetados oito novos casos no concelho da Ribeira Grande, nomeadamente na vila de Rabo de Peixe, que se encontra parcialmente sob cerca sanitária.

O boletim diário da Autoridade de Saúde Regional informa ainda que foram diagnosticados três casos no concelho de Ponta Delgada, nas freguesias de Livramento, São Roque e Fenais da Luz, com um caso cada, e ainda dois casos na freguesia de Nª Srª do Rosário, concelho da Lagoa.

Todos os casos foram "em contexto de transmissão comunitária", refere a Autoridade de Saúde açoriana, acrescentando que, no caso na Terceira, "refere-se a um indivíduo da Praia da Vitória, com histórico de viagem", "residente e com teste positivo ao 12º dia".

Nas últimas 24 horas há a registar apenas uma recuperação, na Madalena, ilha do Pico.

A região continua sem doentes hospitalizados nos três hospitais, localizados nas ilhas de São Miguel, Terceira e Faial.

Em vigilância ativa estão agora 948 pessoas nos Açores, que mantém ativa a cadeia de transmissão no Pico.

Hoje, estão ativos nos Açores 79 casos.

Desde o início da pandemia foram diagnosticados nos Açores 3.895 casos, 3.682 pessoas recuperaram da doença e 29 morreram.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.531.448 mortos no mundo, resultantes de mais de 114 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 16.351 pessoas dos 804.956 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.