Uma série de novos estudos divulgados nos últimos dias nos Estados Unidos da América (EUA) enaltece os benefícios nutricionais dos ovos. Além de, alegadamente, não contribuírem para o aumento da taxa de colesterol, também reduzem os riscos de acidente vascular cerebral (AVC). Um grupo de investigadores do EpidStat Institut acaba de afirmar que ingerir um ovo por dia pode fazer diminuir essa percentagem em 12%.

No âmbito deste estudo, uma meta-análise, os cientistas reagruparam uma série de trabalhos de investigação realizados nos últimos anos e chegaram à conclusão que este alimento tem ainda a vantagem de fazer diminuir o risco de doenças coronárias. «Os ovos têm muitas propriedades nutricionais positivas, incluindo antioxidantes conhecidos por reduzir o stresse oxidativo e a inflamação», assegura Dominik Alexander.

«São também uma excelente fonte de proteínas, tradicionalmente associadas a uma pressão arterial mais fraca», sublinha o coordenador do novo estudo. Além da luteína, este ingrediente é rico em zéaxantina de origem natural e vitaminas E, D e A. «A vitamina E reduz o risco de crises cardíacas futuras nas pessoas que sofrem de doenças coronárias e a luteína evita a obstrução das artérias», garantem ainda os especialistas.

Texto: Luis Batista Gonçalves

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.