A Associação Saúde em Português (ASP) está a organizar uma caminhada solidária, em Coimbra, para angariar fundos para a criação de um banco de medicamentos destinado a idosos e carenciados, anunciou hoje a organização não governamental.

A Caminhada Solidária “Contributo de Gerações”, a decorrer no dia 27, domingo, pretende “envolver a população ativa, contribuindo para a mais velha e pobre”, disse à Lusa o presidente da associação, Hernâni Pombas Caniço.

“Temos uma ideia precisa sobre as dificuldades das pessoas em comprar os medicamentos que precisam, depois de uma ação realizada o ano passado, e, mesmo ao nível clínico, também vemos doentes com a impossibilidade de adquirir os medicamentos”, observou o especialista em Medicina Familiar.

Hernâni Caniço refere que, no centro de saúde onde exerce, em S. Martinho do Bispo, Coimbra, já tem telefonado a utentes em vigilância de doenças crónicas (como hipertensão e diabetes), questionando-os porque não vão às consultas de acompanhamento e a justificação é a de que “não vale a pena, pois não têm dinheiro para os medicamentos”.

Em 2011, numa iniciativa em que a associação participou com a plataforma ODM - Objetivo Desenvolvimento Milénio (que inclui 36 organizações de Coimbra), foi feito um fundo para a pobreza e, já nessa altura, foram detetadas pessoas com dívidas às farmácias, disse o médico.

“Foi com base nisso que achámos que, através de uma estrutura física permanente, sem beliscar os interesses das farmácias, [poderiam] ser distribuídos medicamentos de forma gratuita e seletiva”, sustentou.

A associação espera poder ter em funcionamento o banco dos medicamentos até ao final do ano, aguardando a resposta a um pedido de instalações feito à Câmara de Coimbra e a uma candidatura à Fundação EDP Solidária.

A Caminhada Solidária, a quinta organizada pela associação, inclui um percurso de oito quilómetros, entre a rua do Cedro (paralela à av. Elísio de Moura), passando pelo Areeiro, o Alto da Portela da Cobiça, o Chão do Bispo, os Malheiros e o Tovim.

“Pretende-se também promover a relação entre o urbano e a parte mais rural de Coimbra, que não é apenas uma cidade de elites, tem também caminhos pouco explorados, zonas de inclusão”, afirmou Hernâni Caniço.

A promoção de estilos de vida saudáveis é outro dos propósitos da iniciativa, que tem como madrinha a atleta de canoagem Beatriz Gomes, campeã do mundo em 2009.

Os “preços solidários” da participação variam entre os cinco euros (individual) e os 2,5 euros (escuteiros e estudantes), havendo também o “preço amigo” (três pessoas), de 10 euros, e o “preço família" (quatro ou mais pessoas), de 15 euros.

A caminhada solidária é organizada em parceria com a ADETOCO - Associação de Desporto para Todos de Coimbra e CLUVE-Clube de Veteranos de Atletismo de Coimbra.

21 de maio de 2012

@Lusa

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.