- 17 segundos -

Em 2016, cerca de 1,8 milhões de pessoas foram infetadas com o vírus da Sida. Este número representa, em média, uma nova infeção por VIH a cada 17 segundos, ou seja, quase 5.000 por dia.

Os 16 sintomas mais comuns do VIH/Sida
Os 16 sintomas mais comuns do VIH/Sida
Ver artigo

- 2 em cada 3 -

Entre os adultos, o ritmo das novas infeções no planeta diminuiu nos últimos anos, passando de 1,9 milhões em 2010 para 1,7 milhões em 2016. África continua a concentrar a maior parte dos novos casos: dois em cada três.

- Quase pela metade  -

No caso das crianças, as novas infeções caíram quase para metade desde 2010, passando de 300.000 para 160.000 em 2016.

A redução explica-se pelas campanhas de diagnóstico em África e pelos tratamentos com antirretrovirais, que impedem a transmissão vertical do vírus, ou seja, das mães para filhos.

- 36,7 milhões -

Este é o número de pessoas que vivem com VIH no mundo, segundo a última estimativa de 2016 da Onusida, o programa de coordenação da ONU para o combate à Sida.

O número aumenta todos os anos pelo ritmo elevado de novas transmissões e também porque os medicamentos antirretrovirais estão cada vez mais acessíveis em países pobres, oferecendo mais hipóteses de sobrevivência.

10 mitos comuns sobre sexo esclarecidos por uma médica
10 mitos comuns sobre sexo esclarecidos por uma médica
Ver artigo

- 20,9 milhões -

Atualmente, 20,9 milhões de pessoas têm acesso a tratamentos antirretrovirais que, se aplicados regularmente, travam a doença de forma eficaz e reduzem o risco de contaminação. No entanto este número é quase três vezes superior ao de 2010.

As mortes relacionadas com o VIH/Sida caíram cerca de 50% desde de 2005 (1,9 milhões de mortos). Em 2016 estabilizaram-se em um milhão.

A ONUSIDA estima que a Sida tenha matado 35 milhões de pessoas desde o início da epidemia, em 1981.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.