“O Centro Hospitalar Universitário Cova da Beira confirma constrangimentos pontuais nas escalas da Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER). Salientamos que não está em causa a resposta do serviço de Emergência Médica à população da região, uma vez que quando a VMER fica inoperacional é acionada pelo Centro de Orientação de Doentes Urgentes (CODU) a VMER com maior proximidade geográfica”, apontou aquela unidade de saúde, em resposta escrita enviada à agência Lusa.

Relativamente à previsão de inoperacionalidade para esta semana, o CHUCB adiantou que a mesma deverá verificar-se nos dias 22 e 23, entre as 08:00 e as 14:00, no dia 24, entre as 08:00 e as 20:00, e no dia 25 durante 24:00.

Segundo o referido, “o problema resulta de dificuldades em assegurar as escalas dos médicos de apoio à VMER, sendo que as escalas são preenchidas pelos médicos com formação em Emergência Médica”.

O conselho de administração do CHUCB assegurou que “estão a ser desenvolvidas todas as diligências para garantir o normal funcionamento do serviço, nomeadamente fomentando a formação de novos profissionais”.

“Pese embora a previsibilidade destas ocorrências, a coordenação da VMER no CHUCB continua empenhada, até ao último minuto, em conseguir colmatar as falhas identificadas”.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.