"Foram momentos negros", comenta a mãe da criança, Sierra Yoder, ao ABC News. "Não havia qualquer esperança de que ele sobrevivesse", recorda.

Mas Bentley nasceu e sobreviveu. Dustin e Sierra Yoder, os pais da criança, conhecem-se desde sempre. São ambos de Ohio, nos Estados Unidos, têm inclusivamente uma foto juntos, aos de 2 anos de idade, a beijarem-se.

Bebé nasce com cérebro fora do crânio, mas sobrevive e está bem de saúde
Bentley Yoder depois da cirurgia, Estados Unidos Reprodução da foto do Stat News

Casaram-se em 2012, aos 21 anos, e tiveram pouco tempo depois o primeiro filho, uma criança saudável, hoje com 3 anos.

Mas com Bentley, as coisas foram diferentes: às 22 semanas de gravidez os médicos viram que algo de anormal se passava com o desenvolvimento do crânio do bebé.

No entanto, o diagnóstico final não demoveu os pais de terem a criança, ainda que os médicos tenham proposto um aborto, a opção na altura "mais viável" para os especialistas, relata o Stat News.

Quando nasceu, os clínicos mostraram poucas esperanças de que a criança resistisse à malformação congénita grave, provocada talvez por deficiências nutricionais, mas os progenitores procuraram outras opiniões.

Dustin e Sierra Yoder conseguiram uma solução no Hospital de Crianças de Boston: colocar o cérebro de volta dentro do crânio.

A cirurgia aconteceu há um mês e o bebé está bem de saúde.

Leia também10 mutações genéticas que lhe dão autênticos superpoderes

Saiba ainda8 regras para evitar dores de costas na gravidez

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.