Desta vez o problema não são os ovos nem o seu risco de salmonela. É a farinha crua.

De acordo com a FDA, o regulador norte-americano para o setor da alimentação e medicamentos, a ingestão de massa crua levou à hospitalização de 38 pessoas em 20 estados devido a um novo surto de uma bactéria E.Coli.

A agência recomenda cuidado redobrado na hora de preparar a massa do bolo: a bactéria pode ser transmissível pelo contacto com mãos infetadas, portanto deve evitar-se a ajuda de crianças.

Leia tambémAs intoxicações alimentares que podem matar

Veja aindaComo prevenir as intoxicações alimentares?

Saiba mais10 alimentos venenosos que podem matar

O problema é causado por um tipo farinha vendida nos Estados Unidos, da marca General Mills, produto esse que não é comercializado em Portugal.

Segundo o jornal norte-americano Huffington Post, a empresa já pediu a recolha de 10 milhões de embalagens do produto.

Os sintomas de intoxicação mais comuns por bactéria E.Coli incluem diarreia e dores abdominais. No entanto, os sintomas podem agravar-se em algumas pessoas e de acordo com o grau da infeção, alerta a FDA.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.