Segundo os resultados de uma investigação realizada em solos que imitam a terra de Marte, rabanetes, ervilhas, cevada e tomates plantados neste tipo de ambiente não contêm metais pesados, que podem ser mortais para o ser humano, indicou em comunicado a Fundação Mars One, que promove um projeto de colonização deste planeta e que é sócia da equipa do cientista.

"Estes resultados notáveis são muito promissores. Podemos realmente comer rabanetes, ervilhas, cevada e tomates, e estou ansioso para descobrir o seu sabor", comentou o ecologista Wieger Wamelink em comunicado citado pela agência de notícias France Presse.

Durante as experiências lançadas em 2013, o investigador conseguiu cultivar dez plantas em solos desenvolvidos pela NASA, similares ao árido e pedregoso de Marte e ao empoeirado da lua.

Leia ainda: Os 20 legumes mais saudáveis

O solo do Planeta Vermelho, tal como por vezes acontece na Terra, contém metais pesados que podem ser ao mesmo tempo inofensivos para o crescimento de plantas e nocivos para a saúde humana.

Quatro das dez espécies cultivadas nos viveiros da universidade não contêm níveis perigosos de alumínio, zinco, arsénio ou ferro, e podem ser "consumidas sem riscos", garante a nota de imprensa.

A NASA planeia enviar uma missão tripulada para Marte dentro de 10 ou 15 anos.

Projetos similares estão também a ser desenvolvidos pela fundação holandesa Mars One, que pretende estabelecer uma colónia humana no Planeta Vermelho, e pelo milionário Elon Musk, fundador da sociedade aeroespacial californiana SpaceX.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.