Em conferência de imprensa em Angra do Heroísmo, o responsável da Autoridade de Saúde Regional, Tiago Lopes, adiantou que o doente tinha “cerca de 90 anos” e “morbilidades associadas”.

O homem tinha sido admitido “em meados de março” no Hospital do Divino Espirito Santo, tendo ficado internado na medicina interna, “onde terá sido infetado, entretanto, por via do contacto com profissionais de saúde” ligados à cadeia de transmissão identificada no concelho da Povoação.

“Durante o internamento teve um agravamento do seu estado na sequência do motivo de admissão, não propriamente com a infeção do novo coronavírus”, explicou.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.