Existe alguma altura ideal para começar a treinar?

Nos dias de hoje, a preocupação com a melhoria da qualidade das nossas vidas deveria estar sempre presente por isso, na minha opinião, não há alturas consideradas boas ou más para treinar, o que há são fases em que nos sentimos mais motivados para a prática desportiva e nessas alturas devemos aproveitar essa motivação extra ao máximo e treinar.

Quando se quer perder peso, que características são necessárias estarem reunidas para que o treino seja eficaz?

Antes de qualquer programa de exercício deveremos reunir algumas informações em relação ao cliente, ou seja fazer uma pequena anamnese: histórico familiar, passado desportivo, objetivos, condição física atual, preferências, conhecimentos, motivação e tempo disponível para treinar.

Depois, em função da avaliação das necessidades, motivações e objetivos de cada um, elaboramos um plano de treino, que nos permita trabalhar em segurança. Ou seja, se alguém pretende perder peso, mas nunca treinou, num primeiro momento, será necessário encontrar um balanço equilibrado entre o que o cliente quer e o que ele realmente necessita, caso contrário há sérios riscos do aparecimento de lesões, o que por sua vez pode impedir que se consigam atingir os objetivos.

Depois, é necessário que se perceba que não basta treinar para perder peso. É necessário também mudar alguns hábitos alimentares e do estilo de vida. Neste momento, os treinos mais utilizados para a perda de peso são treinos intervalados de alta intensidade (HIIT) e ainda treinos de força.

Quantas vezes devo treinar por semana?

Na minha opinião deveríamos treinar uma hora, pelo menos, três vezes por semana e em dias alternados.

Devo estabelecer objetivos de emagrecimento ou tonificação, por exemplo, ou isso pode ter um efeito perverso?

A definição de objetivos de treino é sempre fundamental, pois só assim conseguiremos fazer uma correta planificação do trabalho a desenvolver. Depois, devemos perceber que cada pessoa vai reagir aos estímulos promovidos pelo treino de forma de forma diferente e que, em função de algumas características genéticas os ganhos/perdas, poderão também eles aparecer de diferentes formas.

Relativamente à perda de peso vs tonificação, elas estarão intimamente ligadas. Ou seja quando perdemos peso através do treino vamos certamente aumentar a tonicidade muscular, o que de certa forma é o ideal.

Veja isto: Truques para recuperar daqueles “quilinhos” extra ganhos nas férias

Como posso saber qual a modalidade mais indicada para mim?

Esta é uma pergunta de difícil resposta. O que eu aconselho quando alguém pretende iniciar um programa de exercício físico é que deve optar por escolher uma modalidade com a qual se identifica e de que goste, caso contrário será meio caminho andado para desistir. No entanto, devemos ter sempre em consideração as nossas limitações e em função disso optar pela modalidade mais indicada para os nossos objetivos.

Como é que um personal trainer me pode ajudar a alcançar os meus objetivos?

Um personal trainer é um profissional habilitado a desenvolver programas de treino específicos de acordo com as características e objetivos de cada pessoa. As vantagens de ter um personal trainer são várias:

  • Elaboração de um treino individualizado;
  • Os resultados aparecem mais rápido;
  • Maior motivação;
  • Treinos mais variados e progressivos;
  • Compromisso/flexibilidade para treinar de acordo com a disponibilidade;
  • Segurança na execução dos exercícios e correcção de posturas;
  • Rentabilização do tempo de treino.

O exercício pode estragar ou deformar o corpo?

A prática de atividade física regular promove alterações na composição corporal favoráveis a um melhor desempenho físico e de saúde. Desde que feito com moderação e segurança não provocará “estragos” no nosso corpo; provocará sim várias melhorias quer em termos cardiovasculares, quer ao nível neuromuscular... Claro que pessoas com pretensões desportivas ao nível da competição correrão sempre um risco acrescido de desenvolver alguns tipos de patologias.

Depois de um treino o que devo comer? E antes, também me devo alimentar?

A alimentação é essencial quer para quem quer perder peso, quer para quem quer aumentar a massa muscular. De pouco serve treinar “duro”, se não fizermos uma alimentação equilibrada. Depois de um treino, dependendo dos objetivos de cada pessoa, devemos optar por proteínas que nos ajudarão na recuperação muscular e irão potenciar os resultados do treino por exemplo; podemos optar por um batido whey ou ovos cozidos. Durante o treino é muito importante mantermo-nos sempre bem hidratados.

Antes do treino, e uma vez mais, dependendo dos objetivos de cada pessoa, devemos optar por hidratos de absorção rápida como por exemplo barrinhas de cereais ou uma peça de fruta.

FOTO: Liete Couto Quintal  -  LCQ Photography

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.