É durante a primavera que se manifestam mais crises alérgicas. Mas o que pode causar uma alergia?

Uma alergia é uma reação exacerbada do sistema imunitário em resposta a determinadas substâncias. Esta reação pode ser desencadeada, por exemplo, por agentes químicos presentes em determinados produtos de higiene e de limpeza, por alimentos e por fatores ambientais.

Os ácaros, organismos minúsculos que podem ser encontrados dentro das casas em carpetes, colchões, cortinas, almofadas e mantas, são dos maiores causadores de alergias em crianças e adultos, mas o polén das flores que circula no ar, os animais domésticos e a humidade também são capazes de favorecer as respostas alérgicas.

Manter o sistema imunitário forte e equilibrado revela-se, assim, essencial no controlo das alergias e no alívio dos seus sintomas. Para tal, é aconselhável evitar o consumo de alimentos processados, de bebidas industrializadas e alcoólicas, de açúcar, de café e de tabaco, capazes de enfraquecer as defesas do organismo. Diminuir o consumo de produtos lácteos, ou retirá-los por completo da alimentação, é um gesto que também pode fazer a diferença. Gerir os níveis de stresse e dormir bem é igualmente importante.

Existem outros passos simples que ajudam a minimizar os efeitos das alergias, tais como manter as divisões da casa bem limpas, arejadas e com boa ventilação, dar longos passeios na natureza com alguma frequência e estimular a resposta do sistema imunitário esfregando o corpo diariamente com uma toalha húmida — um ritual que, para além de potenciar o bom funcionamento da pele, evita o acumular de toxinas.

Certos óleos essenciais, pelas suas propriedades medicinais, também podem ajudar no alívio das respostas alérgicas. Tais óleos podem ser inalados, utilizados em difusores para a casa, adicionados a banhos de imersão e aplicados diretamente na pele em conjunto com um óleo de origem vegetal (2 colheres de sopa de óleo vegetal para 1 gosta de óleo essencial).

Quais os óleos essenciais que podem ajudar em caso de alergias?

Para um banho de imersão, a combinação dos óleos essenciais de pinho, de eucalipto e de gengibre resulta numa mistura descongestionante que ajuda a desobstruir as vias respiratórias e a aliviar a tosse.

O óleo essencial de hortelã-pimenta proporciona um alívio na sensação de garganta irritada, podendo ser adicionado a uma infusão.

O óleo essencial da árvore do chá tem a capacidade de eliminar ácaros e desinfecta superfícies, podendo ser útil na manutenção da limpeza de uma casa (especialmente para quem sofre de alergias). Também potencia o poder de desinfecção quando colocado na máquina de lavar e no cesto da roupa suja.

A mistura dos óleos essenciais de erva-príncipe, de eucalipto e de alfazema pode ser uma hipótese para purificar o ar das divisões da casa.

Fonte: Organii

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.