Seja para atividades de minúcia com necessidade de visão muito próxima, ou mesmo para distâncias intermédias, nem todas as lentes permitem uma visão relaxada e clara.

Hoje em dia, os equipamentos eletrónicos (smartphones, tablets, computadores e televisão) fazem parte do nosso quotidiano, como que anexos de nós mesmos, tornando-se indispensáveis para comunicar, interagir, aprender ou trabalhar. Estes aparelhos digitais exigem um esforço ocular ainda maior do que as outras atividades.

A luz pode ser igualmente nociva e contribuir para o desenvolvimento de doenças oculares. Os raios ultravioletas (UV), invisíveis, são um importante fator de risco de muitas doenças oculares graves.

Para proteger os seus olhos dos efeitos nocivos da tecnologia moderna, aqui ficam alguns conselhos úteis para a utilização dos equipamentos digitais:

• Descanse ao fim de 1 hora.
• Pestaneje com frequência.
• Não trabalhe em áreas com luz inadequada.
• Mantenha uma postura e distância corretas.
• Utilize lubrificante ocular (lágrima artificial) para reduzir a sensação de olho seco.
• Utilize lentes com filtros específicos (protecção UV e luz azul).
• Mantenha o monitor em frente ao rosto.

Se por hábito põe em prática estas medidas preventivas e continua a sentir desconforto a nível ocular, procure a ajuda de profissionais. Por vezes, pequenos sintomas de alerta poderão dar origem a lesões que se agravam com o passar do tempo.

Por Oculista Portas de Santo António de Estremoz
O Oculista Portas de Santo António de Estremoz ganhou o Prémio Cinco Estrelas 2016 na categoria “Serviços Óticos – rede regional” com uma classificação global de 8,09 numa escala de 1 a 10. Mais informações AQUI.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.