Das 15h00 às 21h00 de 7 de março todos os caminhos vão dar a Santarém para mais uma apresentação do potencial dos vinhos do Tejo. A iniciativa que decorrerá no Convento de São Francisco reúne uma dezena de produtores, enólogos que “darão a cara” pelos vinhos em prova, alguns deles em pré-lançamento ou em estreia.

No que toca a petiscos, a autoria dos mesmos foi entregue aos scalabitanos Tascá e Pigalle, restaurantes que vão estar representados no evento.

Na edição deste ano do Tejo a Copo, a prova comentada vai dar lugar a três “Conversas Vínicas”, mais intimistas e informais, com quatro vinhos cada e sob a batuta do sommelier Rodolfo Tristão. São gratuitas e de inscrição no local.

A entrada no Tejo a Copo é livre, mas quem quiser provar os vinhos do evento tem que adquirir o copo do evento, disponível por 3 euros. Os petiscos têm um custo unitário de 3,50 euros.

Para os interessados, fica a lista de produtores presentes no evento:

Adega de Almeirim, Adega do Cartaxo, Casa Cadaval, Casal da Coelheira, Casal das Freiras, Casa Paciência, Casa Romana Vini, Companhia das Lezírias, Enoport Wines, Escaravelho Wines, Falua, Fiuza, Parras Wines, Quinta da Alorna, Quinta da Atela, Quinta da Badula, Quinta da Lagoalva, Quinta da Lapa, Quinta da Ribeirinha, Vinhos Zé da Leonor.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.