Quando lançou o seu título anterior no seu país natal, França, Jean-François Mallet tornou-se rapidamente um fenómeno de vendas. Em poucas semanas o seu “Simplicíssimo - o Livro de Cozinha mais Fácil do Mundo” vendeu mais de 250 mil exemplares. Aos leitores agradou ter em mãos um manual que, com três a seis ingredientes, lhes levava uma refeição à mesa.

Os portugueses também se renderam a esta obra que, de acordo com o autor “é tão simples como as instruções de montagem de um móvel sueco: 2 a 6 ingredientes apresentados em fotos, um texto de algumas linhas; é só levar ao lume e...está pronto!”

Neste final de 2017, Mallet bisa editorialmente no nosso país e assume, de novo, alguns compromissos com os leitores com o seu mais recente título, “Simplicíssimo – O livro de Cozinha Light Mais Fácil do Mundo” (Jacarandá Editora).

“Simplicíssimo – O livro de Cozinha Light Mais Fácil do Mundo” chegou a Portugal
créditos: Jacarandá Editora

Nas mais de 300 páginas desta obra, este francês apaixonado pela cozinha sem complicações, verte receitas para todos os dias, rápidas, fáceis e para todos os gostos. Tal como o título anterior traz um bónus para o leitor que pretende conciliar todos os predicados anteriores com uma vida atarefada, mas sem concessões a uma alimentação equilibrada: todas as sugestões fazem-se com três, no máximo, cinco ingredientes. Pouco? Jean-François Mallet prova-nos que partindo de uns poucos alimentos produzimos mais de 160 refeições.

Tudo isto com criatividade. A título de exemplo vejam-se estes Rolinhos de beringela, o Creme de couve-flor coco e salmão, a Salada de lentilhas com camarão, o Caldo de frango com gengibre, o Molho tártaro, o Porco cantarelos e mirtilos, o Frango com gengibre e erva-príncipe, as Vieiras em papelote, a Quiche de ervilhas, queijo e espinafres, os Rolinhos de alperce e alecrim, a Mousse de chocolate no forno.

“Simplicíssimo – O livro de Cozinha Light Mais Fácil do Mundo” chegou a Portugal
créditos: Jacarandá Editora

Um livro que arranca com uma advertência: “Esta obra não é um livro de dietas mas uma recolha de receitas ligeiras (ou mais leves), saudáveis, saborosas e variadas. Surge como resposta a uma pergunta que as minhas amigas e os meus amigos me fazem muitas vezes: como alimentar-se no dia-a-dia sem engordar, mas comendo mais do que apenas três folhas de alface, um iogurte e uma maçã?”.

Mallet não exclui diferentes métodos de confeção, a vapor, molhos clássicos para acompanhar grelhados, legumes ou saladas. Convida-nos a descobrir um caldo à base de chá verde, ingredientes em papelotes ou uma perna de borrego cozida em água. “Bons pratos para o dia-a-dia”, como sublinha na introdução à obra.

Um livro que também é um breve manual prático de introdução à cozinha. Mallet não nos deixa sozinhos na hora de organizar a bancada e os utensílios de culinária. Abre este “Simplicíssimo”, versão light, com um guia onde aborda o investimento e os ingredientes indispensáveis em qualquer cozinha, os processos mais indicados (como bater claras em castelo, cozer em banho-maria ou marinar), os utensílios a utilizar, entre outros preceitos para obter bons resultados à mesa. Também aqui tudo muito simples e sem complicar.

Jean-François Mallet é licenciado na escola superior de cozinha francesa Ferrandi. Chef em várias cozinhas de destaque da capital francesa, acaba por se apaixonar também pela fotografia e, nesta área, a fotografia de culinária e viagem.

“Simplicíssimo – O livro de Cozinha Light Mais Fácil do Mundo” chega ao leitor com o preço de 29,90 euros.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.