Cinco concertos musicais, em diferentes igrejas de Braga, animam culturalmente o programa da Semana Santa de Braga, uma tradição pascal desta Arquidiocese da Igreja católica que remonta aos tempos medievais.
Estes concertos, corais e música sacra ocorrem quer na Sé de Braga quer
na Igreja de Santa Cruz, e antecedem as solenidades religiosas que têm
como pontos altos as procissões do Ecce Homo e do Enterro do Senhor.
A Semana Santa começa com a procissão do Senhor dos Passos na
noite de dia 23, na qual a imagem do Senhor dos Passos sai da Igreja
de Santa Cruz para o templo do Seminário Conciliar. No final, a via
sacra segue o itinerário dos calvários pela zona histórica da cidade,
acompanhada pelo Coro da Paróquia da Sé.
O dia 24 de Março, Domingo de Ramos, é dia de bênção e missa
de ramos e também de Procissão dos Passos, organizada pela Irmandade
de Santa Cruz.
A 27 de Março volta a realizar-se a procissão da Ressureição e da Nossa Senhora da Burrinha - assim chamada devido ao facto de haver
um burro a abrir o cortejo carregando a Nossa Senhora -, que é
organizada pela Paróquia e pela Junta de freguesia de São Vítor.
No dia seguinte, a Sé é palco das principais cerimónias
evocativas da morte de Jesus Cristo, com uma Missa crismal, e a missa
da Ceia do Senhor, a que se segue a cerimónia do lava-pés e o sermão
do mandato. À noite sai a procissão Ecce Homo.
O dia 29, Sexta-feira Santa, é o da celebração da Paixão do
Senhor e da Procissão do Enterro, que é organizada pelo Cabido da Sé,
a que se juntam várias irmandades, com muitos figurantes e anjinhos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.