O destaque vai para a segunda edição do seu topo de gama, o By Rui Roboredo Madeira, a coleção de vinhos que o enólogo acredita que “refletem a excelência dos vinhos do Vale do Douro”. Além disso, foi apresentada a atualização da imagem do Castello d’Alba e os dois novos vinhos biológicos da Beira Interior, Beyra Biológico branco 2015 e o novo Beyra Biológico tinto 2015.

A gama de vinhos com a assinatura Rui Roboredo Madeira apresentada ao mercado reflete o respeito pela natureza e pelo terroir associados à empresa. Neste sentido, este produtor tem apostado no biológico e em técnicas clássicas de vinificação, como a fermentação em cubas de cimento.

O portfólio global da marca é um espelho da abordagem do enólogo, que continua a sua procura em lançar vinhos com um posicionamento inovador, cujo projeto Beyra - Vinho de Altitude é exemplo.

“Com a experiência e o entendimento dos diversos terroir’s do Vale do Douro, procuro a cada momento mostrar que é possível fazer diferente e melhorar. Estes vinhos refletem bem a riqueza da nossa região, com estilos únicos e diferenciadores, que claramente têm a capacidade de definir novas tendências”, sublinhou o enólogo.

Rui Roboredo Madeira consolida investimento nos vinhos da Beira Interior e Douro Superior

Os néctares da Beira Interior, uma região quase desconhecida no panorama dos vinhos portugueses, vão saindo do anonimato, procurando Rui Roboredo Madeira contribuir para isso com o lançamento dos Vinhos de Altitude sob a marca Beyra.

“O nosso objetivo sempre foi fazer dos melhores vinhos da Beira Interior. Acredito no enorme potencial desta região, onde fomos dos pioneiros a investir e a construir uma imagem de vinhos diferenciadores refletindo o terroir. Tenho a plena noção que já afirmámos a marca no segmento médio e estamos agora a trabalhar para um posicionamento superior. Os nossos vinhos permitem uma perfeita experiência sensorial, ao nível de prova, mas num patamar em que o consumidor tem vontade e capacidade para os comprar”, refere o enólogo Rui Roboredo Madeira.

Considerado pela revista WineSpectator como “um dos enólogos que está a marcar o ritmo para a crescente qualidade dos vinhos portugueses”, Rui Roboredo Madeira alcançou prémios internacionais do mundo dos vinhos. Entre eles o “Top 10 WineSpectator” (da mais influente revista de vinhos do mundo), em 2010; “Best White Wine” no Concurso Mundial de Bruxelas, em 2009; “Top 10 Star Award” na Vinexpo (a mais importante feira de vinhos do mundo), em 2003.

Rui Roboredo Madeira começou a sua carreira em meados dos anos de 1990 no Douro Superior, assinando os vinhos e azeites da empresa da família: CARM – Casa Agrícola Roboredo Madeira, ao mesmo tempo que lançava os vinhos Castello D’Alba.

Estendeu a sua atividade a outras demarcações do Norte de Portugal, como a sub-região do Alvarinho ou, mais recentemente, à Beira Interior. Com o lançamento da marca BEYRA em 2012, introduziu o conceito de Vinhos de Altitude.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.