Depois da mulher morrer, em 1994, o barão Bodo von Bruemmer, falecido em 2016 aos 105 anos, em Colares, no concelho de Sintra, onde está localizado o Casal Sta. Maria, que tem a vinha mais ocidental da Europa, decidiu plantar três milhares de rosas nos jardins da propriedade. Agora, estas flores foram eternizadas no 3.000 Rosas, um vinho rosé leve e refrescante que homenageia o casal fundador da marca, imortalizando o seu amor eterno. Leve e elegante, apesar de menos gastronómico, surpreende pelo paladar.

Com notas frutadas, apresenta um aroma de pêssego que, à medida que vai sendo saboreado, evidencia notas exóticas e apontamentos de barrica. Fácil de beber e com baixo nível de álcool, é direcionado para um público mais jovem. Elaborado para ser harmonioso e empático, este rosé exibe um ténue tom salmão de aspeto brilhante, com um suave toque mineral, ligeiramente salino. Depois de vindimadas manualmente, as uvas foram enviadas para uma câmara de frio, evitando oxidações e extração de cor.

"Na adega, a seleção [foi feita] em tapete de escolha, [com um] ligeiro esmagamento do bago por método centrífugo, seguindo-se prensagem a frio. O mosto decantou cerca de 48 horas em cuba de inox, iniciando posteriormente a fermentação, metade em barricas novas e usadas de carvalho francês de 225 litros e de 500 litros e a outra metade em cuba de inox. Por fim, estagiou seis meses em borras finas com bâtonnage", revela a produtora vitivinícola. Produzido com Touriga Nacional, Pinot Noir e Syrah, custa 13,50 €.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.