James Grant, mixologista e empregado de bar do Canadá, é o vencedor da edição de 2021 do World Class, o concurso mundial de bartenders anualmente promovido pela Diageo, uma das maiores empresas internacionais de comercialização de bebidas espirituosas. Após o cancelamento da edição do ano passado, o certame realizou-se, este ano, num formato exclusivamente virtual. O canadiano sucede assim a Bannie Kang, a sul-coreana que em 2019 ganhou o título representando a Singapura.

"Quando era mais novo, nunca pensei que me viria a interessar por esta área. Só comecei a beber álcool já depois de adulto", confidenciou o vencedor da competição internacional numa publicação que fez nas redes sociais. Depois de quatro tentativas frustradas, à quinta foi de vez. Para além do português João Sancheira, bartender do bar A Tabacaria, no Cais do Sodré, em Lisboa, James Grant teve como adversários Andrii Osypchuk da Ucrânia, Adam George Fournier dos EUA e Cal Byrne da Irlanda.

Na corrida ao prémio de melhor empregado de bar do mundo estavam também Mark McClintock da Grã-Bretanha, Mika Ammunet da Finlândia, Laura Brady dos Países Baixos, Hardeep Singh Rehal da Dinamarca e Evan Stroeve da Austrália, que completam o top 10. "Estou nas nuvens, a transbordar de felicidade, mas tenho os pés bem assentes na terra", confessou o mixologista português numa publicação que fez nas redes sociais, pouco depois de saber que era um dos 10 finalistas do World Classe 2021.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.