Os vinhos com a assinatura do produtor Adega Mayor, oriundos de vinhas plantadas nas Herdade das Argamassas e da Godinha, no Alentejo, próximo à vila de Campo Maior, são fruto de um estágio que, de acordo com o produtor, “lhes confere uma complexidade única, apresentando-se com uma estrutura elegante e harmoniosa”.

Com um aroma intenso com notas de cereja preta e aroma silvestre, o Adega Mayor Reserva do Comendador 2014 tinto resulta do blend das castas Alicante Bouschet (60%), Syrah (30%) e Touriga Nacional (10%). “Contam com um paladar encorpado, com taninos maduros, final longo e persistente. Uma companhia elegante e refinada para aliar a uma seleção de queijos fortes e pratos de carne no forno”, lemos na ficha técnica que acompanha o produto.

Lisboa: Vinhos da Adega Mayor convidam a provar o Alentejo em restaurante Pop-Up
A Adega projetada pelo arquiteto Siza Vieira.

O Adega Mayor Reserva do Comendador 2016 branco é composto pelas castas Antão Vaz (70%), Verdelho (20%) e Viognier (10%). “De cor citrina apresenta um aroma intenso e notas de fruta madura (pera, pêssego), bem conjugadas com ligeiras notas abaunilhadas da barrica. Paladar com boa estrutura, bem equilibrado, fresco, mineral e de uma longa persistência. Um branco fresco e estruturado com um perfil muito gastronómico. Revela-se excelente com pratos de peixe mais ricos e intensos ou preferencialmente com pratos de carnes brancas com algum exotismo”.

Já, o Adega Mayor Grande Reserva Pai Chão 2014 é um vinho que se escreve com todos os sentidos. “Quando a terra se toca com as mãos e rega com os sentimentos, nasce uma história de Pai Chão, que só acontece quando a natureza, o homem e a arte se encontram”. Um vinho distinto e desenhado a partir das castas Alicante Bouschet (80%) e Touriga Nacional (20%). De cor granada, apresenta uma boa complexidade aromática, notas de especiarias e de frutos negros (amora, mirtilo). Paladar encorpado, bem estrutrado, taninos maduros. Final elegante e de boa persistência.

Lisboa: Vinhos da Adega Mayor convidam a provar o Alentejo em restaurante Pop-Up
Comendador Rui Nabeiro, o patriarca do Grupo Nabeiro, detentor, desde 2007, destes vinhos Adega Mayor.

O Pai Chão é um bom complemento para uma gastronomia intensa e bem condimentada, como carnes vermelhas, assados no forno ou pratos de caça.

As novidades não ficam por aqui. A Adega Mayor apresenta também o Adega Mayor Espumante Bruto, colheita 2016, resultado da combinação das castas Verdelho (60%) e Arinto (40%). Um vinho de excelência para celebrar a quadra festiva com pompa e circunstância.

Elaborado por método clássico, de cor citrina, aroma fresco e frutado com nuances de frutos secos. No paladar é persistente, sedoso e com acidez proeminente o que lhe confere uma agradável frescura.~

A sua vivacidade combina na perfeição com gastronomia asiática, comida com um toque de especiarias, e é um bom complemento ao sushi.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.