Os amantes de queijo poderão apreciar o melhor da região de Serpa numa feira exclusiva. Esta mostra estará disponivél até ao dia 1 de Fevereiro  e decorrerá na semi-cave do El Corte Inglés em Lisboa.

Esta iniciativa do El Corte Inglés e da Câmara Municipal de Serpa, em associação com os produtores da região, visa promover o queijo e a cultura regionais e oferecer aos clientes uma mostra do que será a 14ª Feira do Queijo do Alentejo, que decorrerá nos dias 27, 28 de Fevereiro e 1 de Março em Serpa.

Sobre o Queijo de Serpa

Tendo origem no concelho de Serpa, a área de produção do Queijo Serpa é hoje bastante mais alargada, podendo ser produzido em quase todo o Baixo Alentejo. Tem denominação de origem protegida desde 1996.

Atualmente o período de fabrico do queijo estende-se de finais de Outubro a princípios de Junho.

Em Serpa, a palavra rouparia designa o local destinado ao fabrico do queijo (o fabricante é o roupeiro ou roupeira) e tem a sua origem no número considerável de roupa que está associada à laboração: coadeiros, panos de lã áspera e grossa com os quais se filtra o leite; cintas, tiras brancas de pano-cru que servem para cingir o queijo; fraldas, onde se escorre dependurado o requeijão.

O Queijo Serpa (pasta semimole, humidade entre os 61 e 69%) é produzido a partir de leite de ovelha (cru), coagulado com as pétalas secas de cardo (Cynara cardunculus L.) planta espontânea que abunda nas terras de barro da região.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.