Há uns anos, Lina Nertby Aurell e Mia Clase sentiram-se perdidas no meio da imensa informação científica disponível sobre alimentos e dietas. Sendo quase impossível navegar por entre todos os conselhos e experiências nutricionais, as próprias tentaram clarificar esta situação.

Rapidamente perceberam que o que comemos está intimamente ligado com várias disfunções do organismo.

No guia de boas práticas alimentares que criaram e que agora chega a Portugal, falam descontraidamente sobre bactérias boas e más, como reconfortar o corpo sem açúcar, a escolha de gorduras apropriadas, os alimentos anti-inflamatórios e apresentam receitas, saborosas e amigas do intestino, para uma dieta realmente saudável.

Carvão, bactérias, dióxido de enxofre…nem só de uvas se faz um vinho
Carvão, bactérias, dióxido de enxofre…nem só de uvas se faz um vinho
Ver artigo

“Food Pharmacy” (edição ArtePlural) visa assim partilhar e resumir as pesquisas destas duas investigadoras, desmistificando os vários conselhos e estudos nutricionais e ensinando, de maneira simples, atrativa e bem-humorada, as bases da relação entre flora intestinal, inflamação e saúde, mostrando como, através da alimentação se pode equilibrar o ecossistema intestinal e por conseguinte, o bem-estar geral.

Uma obra que inclui inúmeras receitas e que nos esclarece sobre muitos mal-entendidos, estudos mal interpretados, tendências hipocondríacas e exageros em geral. Isto usando sempre humor e um registo acessível.

O livro explica quais os alimentos que funcionam melhor para evitar inflamações, manter um ecossistema intestinal saudável e feliz, e ter uma boa digestão, um metabolismo saudável e um organismo equilibrado.

Lina Nertby Aurell é politóloga e trabalhou como consultora; Mia Clase é socióloga e trabalhou como publicitária. Quando se tornaram mães, estas duas amigas decidiram aprofundar o seu interesse pela inter-relação entre nutrição e saúde, passando por questões como o fair trade e a indústria alimentar, a sustentabilidade e a ecologia. Aquilo que foram aprendendo levou-as a começar o Food Pharmacy, um dos blogues de saúde de maior sucesso na Suécia: foodpharmacy.blog.

O livro chega aos escaparates com o preço de 18,80 euros.