Volvidos mais de 117 anos sobre a abertura de portas, a Brasileira (Rua de Sá da Bandeira nº 9), inaugurada em 1903, oferece café de especialidade, com grãos moídos no momento e que podem ser servidos de várias formas: expresso, cappuccino, caffè americano, sem esquecer as edições especiais e limitadas de sabores, sob a assinatura da Vernazza.

Para os apreciadores de chá, a Compagnie Coloniale oferece uma diversidade de sabores que podem ser servidos quentes ou frios. Para quem preferir desfrutar de café de especialidade ou chá em casa, é possível adquirir estes produtos na cafetaria.

A cafetaria disponibiliza também uma seleção de patisserie e uma carta renovada para refeições ligeiras, que foi pensada para ser servida em diferentes momentos do dia.

Histórica cafetaria A Brasileira reabriu portas na baixa portuense
créditos: Pestana Hotel Group

Entre as 08h00 e as 11h00 é servida a “tábua de pequeno almoço” que inclui pão, croissants, queijos e fumados, compota do dia e ovos mexidos. As bebidas podem ser sumo de laranja natural, café ou chá.

A partir das 12h00 e até as 16h00, está disponível uma carta de snacks em que se apresentam: bagel com salmão, tosta de abacate, saladas de camarão ou de queijo fresco e prego no pão. O principal destaque vai para novos bowls de arroz ou quinoa. Ainda pode acrescentar à refeição, waffles e panquecas, doces ou salgadas.

Também em destaque o Bolo 4 de Maio, de confeção caseira que ganhou o nome no dia em que a Cafetaria foi inaugurada em 1903 e cuja receita se mantém original. É composto por frutos secos, damasco, cenoura, canela e limão, e diferencia-se por não conter açúcar.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.