A publicação, com 3,5 milhões de leitores estimados em todo o mundo, enaltece na nota de prova do Esporão Colheita Tinto 2015 “a groselha refrescante, a ameixa vermelha e as amoras presentes neste tinto encantador equilibram com a pimenta branca e as notas verdes e críticas. Os detalhes minerais e a acidez pungente arredondam o final ligeiramente tânico”. Este tinto é o primeiro vinho da Herdade do Esporão concebido apenas com recurso a meios de produção biológicos, com o objetivo claro de preservar a autenticidade das uvas e do seu terroir.

Na lista de “Smart Buys” estão também dois outros vinhos do Esporão: o Monte Velho Branco 2016 e o Esporão Reserva Tinto 2014. No Esporão Reserva Tinto 2014 é destacada a concentração de amoras, anis, ameixa e moca. Já no Monte Velho Branco 2016 o destaque vai para as notas ligeiras de casca de melão, pêssego e maçã, acabando por se tornar num “branco de leve a médio corpo, com detalhes minerais, que cercam o final cremoso”.

No perfil da Herdade do Esporão, Gillian Sciaretta elogia o trabalho da equipa de enologia liderada pelo australiano David Baverstock, que observa e analisa 40 castas de uva que crescem nos solos predominantemente graníticos, xistosos e arenosos.

As mais excêntricas adegas do mundo também são obras de arte
As mais excêntricas adegas do mundo também são obras de arte
Ver artigo

“O gracioso Esporão Reserva Tinto e o encantador Colheita Tinto são blends de castas autóctones e internacionais, com o Reserva a estagiar em barricas de carvalho novas e velhas e o Colheita a estagiar em tanques de betão. O mineral e picante Monte Velho Branco é um blend das castas Antão Vaz, Roupeiro e Perrum estagiadas em cubas de inox”, conclui G.S.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.