A carta da Tasca no Cuá Cuá Club é bem variada. A refeição inicia-se com um couvert composto por manteiga trufada, húmus de tremoço, azeitonas, broa de milho e pão algarvio. Depois, a escolha é variada entre crus e marinados, sushi, saladas e gaspacho, entradas quentes, pratos principais vegetarianos, peixes e mariscos, carnes e sobremesas.

Nos crus e marinados destaca-se o Tiradito de corvina da nossa costa e o Tiradito Nikkei de atum do Algarve. Os fãs de sushi também ficarão contentes ao encontrar uma Trilogia de Nigiri (Carabineiro, coral das cabeças e yuzu; Toro de atum do Algarve com caviar e Wagyu braseado, ponzu e trufa) e um Duo de Gunkan (Wagyu, ovo de codorniz e trufa e Atum, soja picante, miso, cebolinho e lima). Entre as Saladas e Gaspacho encontra-se a Salada de carpaccio trufado com parmesão e o Gaspacho de cerejas com presunto. Nas Entradas Quentes, os Croquetes com mostarda trufada e o Bacalhau em tempura, limão e ovas de truta são a não perder.

Tasca de José Avillez faz Cuá Cuá no Algarve ao longo do verão
créditos: Bruno Calado

Os adeptos de pratos vegetarianos terão alguma escolha, nomeadamente um Caril de legumes nas brasas com arroz basmati e um Linguini trufado com parmesão. Tendo Portugal o melhor peixe e marisco, são vários os pratos que se destacam nesta categoria, entre os quais: o Atum braseado, espargos, milhos e romesco; o Polvo, migas soltas, packshoy e kimchi; o Roobalo braseado, legumes e manjericão, não esquecendo o Arroz de carabineiro, caranguejo e amêijoas.

Os amantes da carne também irão ter uma escolha difícil entre: Frango Piri-Kimchi com batatas fritas, Lombinho de vitela, amêijoas, alho e coentros ou Bife do lombo, molho à café e batata frita, nomeando apenas alguns.

Tasca de José Avillez faz Cuá Cuá no Algarve ao longo do verão
créditos: Bruno Calado

Por fim, porque nenhum jantar fica completo sem sobremesa, são vários os doces à escolha, entre os quais: Tangerina, a famosa Avelã3 que chega também ao Algarve a pedido de vários fãs e o Bolo de chocolate da Tasca, entre outros. Porém, se a escolha for difícil, é só pedir uma “MezzA” de Sobremesas e rapidamente uma seleção de sobremesas será colocada na mesa para dividir…ou não. Uma boa carta de cocktails e de vinhos complementa a carta.

“Foi com entusiasmo que aceitei o desafio de participar no Cuá Cuá Club pois tenho muitas memórias de férias no Algarve. A Tasca pareceu-me ser a escolha perfeita dado que combina bons produtos portugueses, sabores internacionais e o conceito de partilha com um ambiente de férias. Gosto muito da ideia de conjugar uma boa cozinha com a diversão de um espaço noturno, com música e dança”, afirma José Avillez.

João Magalhães, sócio fundador e mentor do Cuá Cuá Club, revela: “é extremamente encorajador ser a primeira casa do restaurante Tasca em Portugal”.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.