O número 38 da Rua Maria Andrade, pouco acima da Almirante Reis (metro Intendente), foi em tempos uma concorrida padaria. Anos passados, e depois de bastante tempo encerrada, renasceu como Maria Food Hub.

O espaço mantém a antiga traça, agora revelando pormenores durante anos ocultados, como partes de estuque decorativo nas paredes ou teto, e preserva os bonitos azulejos originais, assim como revestimentos com azulejos italianos, cadeiras francesas, balcões de mármore português, até uma típica cómoda “de casa da avó”.

“Um local de encontro, a qualquer hora do dia, em qualquer dia, de segunda a domingo. Encontros sempre com algo de saboroso e surpreendente para provar e um bom copo a acompanhar, num espaço inclusivo, despretensioso e com preços acessíveis” é como se apresenta o novo Maria Food Hub.

Este é um projeto de três sócios portugueses com experiência de vida no estrangeiro, nomeadamente em Londres, Paris e Bruxelas. Dois deles estão há muito ligados à restauração e ao catering, como é o caso de Miguel Leal, que assume a gerência do espaço. Daí a proposta gastronómica, de inspiração internacional, mas centrada nos produtos portugueses.

Da carta inaugural podem destacar-se o Hambúrguer de bacalhau em pão de espinafres (9,5 euros), bem como a Tosta de polvo cozido, pimentos e tapenade caseiro (8 euros).

Também há saladas e bowls (até 11 euros), protagonizados por frango, bacalhau, vaca, polvo ou camarão, por exemplo – e não faltam diferentes molhos com origens que vão de África à Ásia para um toque extra de exotismo. As propostas para brunch são igualmente globais, incluindo versões de várias latitudes como o Veggie Shakshuka Maria, os ovos escandinavos ou Hash Brown de frango piripíri.

Tudo isto até meio da tarde, quando algumas das iguarias que animam os encontros no Maria Food Hub dão lugar a novas atrações. Surgem então os petiscos sob a forma de tábuas de queijos ou charcutaria, o tradicional Pica-pau da vazia, mas com o conhecido molho argentino chimichurri, a Salada de polvo e chouriço assado, entre outros, além do Prego de tofu.

Para os cada vez mais numerosos fãs de ostras, aqui estão elas: disponíveis à unidade (2 euros) ou em prato (quatro por 6 euros ou dez por 15 euros), ou mesmo cozinhadas. Também é possível provar três com um copo de vinho branco (6 euros).

Miguel Leal, em simultâneo com a sua antiga atividade como diretor de catering numa empresa londrina, fundou a Casa Leal e, ao longo dos últimos 15 anos, tem exportado vinhos portugueses de pequenos produtores selecionados para o Reino Unido. A carta que escolheu para o Maria Food Hub inclui brancos, tintos e rosés, alguns biológicos, mas muitos mais haverá para conhecer regularmente nas provas de vinhos que terão lugar em ambiente informal e com a presença dos produtores.

Maria Food Hub

Rua Maria Andrade, nº 38, Lisboa

Horário: aberto de segunda a domingo, das 8h30 às 23h00

Contactos: tel. 218 121 281; e-mail mariafoodhub@gmail.com

A cerveja residente é a artesanal Dois Corvos, no início deste ano eleita a melhor cervejeira nacional nos prémios Rate Beer 2020, que anualmente analisa marcas e produtos de todo o mundo.

Quanto a cocktails, aos clássicos mojito e caipirinha, entre outros, juntam-se versões originais como o Bloody Mary Andrade. Os produtos portugueses estão, mais uma vez, presentes e em combinações, como é o caso do Medronhito Sour & Cardamomo.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.