Quem passa à porta do número 15 da rua dos Arameiros, em Lisboa, provavelmente já se deu conta do novo aroma daquele espaço. Cheira a cozinha portuguesa, daquela de Cantina, substancial, de pataniscas e arroz de feijão apurado, de dobradinha com enchidos e de cozido dos nossos.

Pois saiba o leitor que nessa mesmo número 15 já abriu portas, embora ainda discretamente, o novo restaurante de José Avillez. Isto depois de, ainda recentemente darmos conta da abertura de um novo restaurante, A Pitaria, deste nosso duplamente premiado chefe Michelin.

Lisboa: E vai mais um. José Avillez inaugura a sua Cantina e a cozinha é portuguesa
Polvo à bacalhoeiro.

Agora, este março de 2018, inaugura a Cantina Zé Avillez, uma cantina contemporânea com duas salas e uma esplanada, plena de luz. Felipa Almeida e Ana Anahory desenvolveram o design de interiores, tendo como inspiração as tabernas e os restaurantes castiços do passado. Nos materiais, preponderam o mármore Estremoz e a azulejaria.

A partir de 24 de março, já com a abertura em pleno, a nova Cantina do universo Avillez dá-nos a provar uma carta a que podemos chamar tipicamente portuguesa. Nas entradas a Saladinha de feijão-frade com Atum braseado (6,00 euros), as Mãozinhas de vitela (7,00 euros) ou o Escabeche de pato e batata Palha (6,50 euros). Não antes sem deixar de provar os Pastéis de bacalhau (2,00 euros/dois), os Croquetes de novilho (2,50 euros/dois) e as Empadinhas de alheira (3,00 euros/duas).

Lisboa: E vai mais um. José Avillez inaugura a sua Cantina e a cozinha é portuguesa
Bife do lombo na frigideira.

Porque mesa portuguesa pede sopa, esta também não falta em duas versões, a Sopa de feijão com couve-lombarda (3,00 euros), o Creme de courgette, piso de alho e coentros e creme de requeijão (3,50 euros).

Lisboa: E vai mais um. José Avillez inaugura a sua Cantina e a cozinha é portuguesa
Dobradinha com enchidos, couve e feijão.

Nos pratos de substancia, um Bacalhau lascado com grelos (15,00 euros), um Polvo à bacalhoeiro (16,00 euros), umas Pataniscas com arroz de feijão (13,00 euros), a Dobradinha com enchidos 12,00 euros), as Iscas finas com batata frita e cebolada (12,00 euros), o Bitoque com ovo a cavalo e batata frita (13,00 euros).

Lisboa: E vai mais um. José Avillez inaugura a sua Cantina e a cozinha é portuguesa

Avillez também recupera aos sábados e domingos, ao almoço, o tradicional Cozido à Portuguesa (25,00 euros por pessoa). Mesa farta com chouriço de carne, morcela de cozer, morcela de assar, farinheira da beira, aba de novilho, entrecosto, mãozinha de vitela, pernil fumado, orelha de porco, couve-lombarda, nabo, batata, arroz cozido. Um rol de perdições neste cozido que não fica por aqui.

Nas sobremesas a oferta é ampla, do Pudim de mel e azeite com ananás (4,00 euros), ao Bolo de chocolate (4,00 euros), ao Toucinho-do-céu (4,00 euros) ou à Avelã do Cantinho do Avillez (4,50 euros), um dos grandes sucessos do chefe.

Lisboa: E vai mais um. José Avillez inaugura a sua Cantina e a cozinha é portuguesa
Corvina grelhada, legumes, batatinha e molho à Bairro.

Recorde-se que o Grupo José Avillez é formado por vários restaurantes, cada um deles com um conceito diferente: o Belcanto, distinguido com duas estrelas Michelin e considerado um dos cem melhores restaurantes do mundo pela «The World's 50 Best Restaurants List», o Beco – Cabaret Gourmet, o Mini Bar, o Bairro do Avillez, que integra vários conceitos, o Cantinho do Avillez em Lisboa e no Porto, o Café Lisboa, a Pizzaria Lisboa, os três conceitos no Gourmet Experience do El Corte Inglés Lisboa: Tasca Chic, Jacaré e Barra Cascabel, e a Pitaria.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.