Lemon Jelly foi fundada em Vila Nova de Gaia, em 1973, e já nessa altura tinha o objetivo de criar um modelo de trabalho amigo do ambiente, assumindo, desde cedo, que não iria usar pele, lã ou outro tipo de produto de origem animal.

Ao longo dos anos, a empresa portuguesa foi-se ajustando, negociando com os parceiros e colaboradores de forma a tornar-se numa produção sustentável, com fábrica local e etiquetas 'made in Portugal'. De acordo com a Lemon Jelly, o calçado "é produzido a partir de plástico 100 por cento durável”.

Este mês de setembro, a Lemon Jelly recebeu o selo de marca de moda vegana, reconhecida pela PETA, a maior organização mundial de proteção animal.

No site da empresa pode ficar a par da responsabilidade ambiental e social, tendo inclusive criado a Pony Club do Porto, uma associação sem fins lucrativos, que ajuda crianças com necessidades especiais a terem mais acesso à educação.

A empresa, que conta com 900 painéis solares na fábrica, lançou este ano uma linha 100% reciclável, a Wasteless Act.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.